‘Seleção da Segundona Mineira’ é divulgada por jornalistas

‘Seleção da Segundona Mineira’ é divulgada por jornalistas

‘Seleção da Segundona Mineira’ é divulgada por jornalistas

Um grupo de desportistas e jornalistas, incluindo assessores de comunicação de clubes que disputaram a competição, elegeu, ao término do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão, a  ‘Seleção da Segundona Mineira’ .

Idealizado pelo desportista Wilson Drumond, o conhecido “Manula”, a Seleção ficou assim montada:

Goleiro – Glaycon Ryan de Oliveira
O experiente Glaycon (foto ao lado), de 30 anos, é o arqueiro. Revelado pelo América Mineiro, tem passagens por Uberaba, Tupi, Tombense, Nacional de Muriaé, Boa Esporte e por último o Betinense, onde disputou o Módulo II desta temporada. Goleiro menos vazado da competição, sofrendo apenas nove gols em 16 partidas e decisivo na finalíssima.

Lateral-direito – Rafael Petrilio Compri
Natural de São Carlos (SP), Compri, de 22 anos, é o único atleta na Seleção que não fez parte das quatro equipes finalistas. Se profissionalizou no Santos (SP), antes de ir para a URT. Pelo Pouso Alegre, o atleta marcou três gols na competição e foi muito regular.

Zagueiro – Sidimar Fernando Cigolini
Revelado pelo Atlético Mineiro e com boas passagens pela Seleção Brasileira de Base, Sidimar (foto ao lado), de 26 anos, deu muita segurança à zaga do Athletic. Vem de uma excelente temporada, sendo destaque do Tupi no título do interior neste Campeonato Mineiro e na Série C do Campeonato Brasileiro. Peça extremamente importante para o elenco de Cícero Júnior.

Zagueiro – Guilherme Henrique de Souza
Revelado pelo América Mineiro, Guilherme Souza foi o Xerifão do Valeriodoce. Apesar da pouca idade (22 anos), têm boas passagens pelo Coimbra e pelo Betinense. Devido a sua estatura, é muito bom no jogo aéreo.

Lateral-esquerdo – Lucas Hipólito Cavalcante e Silva
Revelado pelo América Mineiro, este é o segundo acesso no ano de Lucas Hipólito, de apenas 23 anos. O atleta, sempre muito regular, chamou atenção devido às inúmeras assistências na competição. No primeiro semestre, subiu com o Tupynambás para a elite do futebol mineiro. Tem passagens, ainda, por Novo Horizonte (GO) e Noroeste (SP).

Volante – Kauê da Silva
Jogador de ótima técnica, sabe marcar e atacar. Marcou quatro gols na competição. No primeiro semestre, foi campeão com o Guarani de Divinópolis do Módulo II. O atleta de 23 anos têm contrato renovado com o Bugre, que disputará a elite mineira em 2019.

Meio-campista – Filipe Rodrigues de Souza Santos (Filipinho)
Com apenas 22 anos, assim como Hipólito, este é o segundo acesso de Filipinho na temporada. O atleta subiu, no primeiro semestre deste ano, com o Tupynambás para a elite antes de ser emprestado ao Coimbra. Revelado pelo Atlético Mineiro, é habilidoso e foi o maestro do acesso.

Meio-campista – Carlos dos Santos Freitas (Caaporã)
Natural do interior da paraíba, o versátil Carlos Caaporã foi peça fundamental do Athletic na temporada. O atleta se tornou profissional no Bahia (BA), passou por Treze (PB), CSP (PB), América (RN) e por último pelo ASA (AL). Marcou cinco gols e terminou a competição como atacante.

Atacante – Cassiano da Cruz Peixoto
Aos 30 anos, o atacante tem a velocidade como a sua principal característica. Revelado pelo Tupi, Cassiano (foto à esquerda) conquistou o acesso em 2016 pelo Tupynambás e bateu na trave neste ano com o Valeriodoce. Tem passagens, ainda, por Anápolis (GO), Villa Nova, Noroeste (SP), Betinense e CAP Uberlândia.

Atacante – Igor Badio Santos
Atacante rápido, com boa movimentação, boa técnica e finaliza muito bem. Foi decisivo na campanha do Esquadrão de Aço, marcando dez gols, inclusive o do acesso. Igor foi revelado pelo Valeriodoce e se destacou no Ponte Nova, Nacional de Muriaé e Caldense.

Atacante – Bruno (Mineiro) Menezes Soares
O experiente de 35 anos não para de marcar gols. Fez 15 nesta temporada, pelo Coimbra. No primeiro semestre, foi artilheiro do Betinense, marcando sete gols no Módulo II. Foi peça decisiva para Diogo Giacomini. “Sobrou” durante toda a competição.

Treinador – Diogo Schüler Giacomini
Comandante do Coimbra Esporte, Diogo Giacomini (foto à esquerda) é um dos noves da “nova safra” de treinadores brasileiros. Gaúcho de Santa Maria (RS), possui excelentes passagens pela base do Atlético Mineiro, Cruzeiro e Palmeiras. Entre 2015 e 2017, foi treinador da equipe Sub-20 do Atlético Mineiro, além de auxiliar da equipe profissional e técnico interino do profissional. O título desta edição da Segundona Mineira foi o 13º de sua carreira.

Revelação – Cícero Moacir Martins Júnior
Por incrível que pareça, o título de revelação da competição não vai para um atleta, mas sim para um treinador. Pela primeira vez comandando uma equipe profissional, Cícero Júnior (foto à direita), de 38 anos, mostrou maturidade e competência, surpreendendo a todos. Tem futuro.
Compartilhe ...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *