FMF oficializa exclusão do Pirapora Futebol Clube

FMF oficializa exclusão do Pirapora Futebol Clube

A Federação Mineira de Futebol (FMF) oficializou, no início da tarde desta terça-feira (13), a exclusão do Pirapora Futebol Clube do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão 2019.

Em Ofício, a Diretoria de Competições (DCO) da FMF se baseou no art. 29, § 5º do Regulamento Específico da Competição (REC), que diz que “um clube será excluído do Campeonato se não inserir, para a 1ª rodada, lista contendo o número mínimo de 07 (sete) jogadores regulares (que estejam com o nome publicado no BID até o dia 09.08.2019), ressaltando o prazo disposto art. 22, parágrafo único”, situação esta que não foi realizada pelo Pirapora Futebol Clube.

Por fim, a entidade máxima do futebol mineiro, além de definir pela exclusão da equipe do Norte de Minas, decidiu suspender o clube de disputar todas as competições chanceladas pela FMF para os próximos 2 (dois) ano, incluindo, também, uma multa de R$ 100.000,00 (cem mil reais) ao clube.

Presidente Luiz Pereira, no Zama Maciel, local em que sua equipe mandaria as partidas (Foto: Divulgação)

O Portal da Segundona Mineira entrou em contato de forma exclusiva com o presidente do clube, Luiz Pereira de Souza (foto acima), que está ciente da notificação, mas prometeu recurso:

“Ainda ontem, quando a FMF não havia realizado esta divulgação, nós já havíamos recorrido na FMF, algo que foi descartado pela Federação. Mas irei até recorrer até o final. Não seremos penalizados desta forma”, disse o mandatário.

Por não ter atletas inscritos no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o Pirapora já havia sido “derrotado” na primeira rodada da competição, quando enfrentaria o Mamoré, em Patos de Minas. Caso o clube estivesse em situação regular, iria enfrentar o Araguari AC no Estádio Zama Maciel, em Patos de Minas. O estádio em questão seria, inclusive, a “casa” da equipe norte-mineira na competição.

A última participação, efetiva, do Pirapora Futebol Clube no âmbito profissional, aconteceu em 2009, quando na ocasião a equipe conquistou uma vitória em oito partidas disputadas.

ARAGUARI ATLÉTICO CLUBE

O Araguari Atlético Clube está em uma situação semelhante a do Pirapora. O clube do Triângulo Mineiro, que a princípio não pôde estrear por conta de não ter efetuado o pagamento das taxas de arbitragem na última quinta-feira (08), ainda não possui nenhum atleta inscrito no BID da CBF.

A Diretoria de Competições da FMF ainda não se pronunciou sobre o clube, algo que deve ocorrer nas próximas horas. Caso a exclusão do Araguari seja confirmada, o Grupo B – que já conta com a exclusão do Pirapora – já estará definido sem sequer uma partida ser realizada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *