Com carta nas mangas, Funorte deverá ser confirmado no Módulo II

Com carta nas mangas, Funorte deverá ser confirmado no Módulo II

Protocolo de desistência do Nacional Esporte Clube (NEC)
A diretoria do Funorte Esporte Clube, de Montes Claros, segue esperançosa com relação à participação no Campeonato Mineiro do Módulo II da próxima temporada. A equipe terminou o hexagonal final da Segundona Mineira em terceiro lugar e a dois pontos do acesso.
O Blog da Segundona Mineira teve acesso com exclusividade ao documento que o Nacional Esporte Clube protocolou na última sexta-feira (19) junto a Federação Mineira de Futebol (FMF) comunicando a desistência do Módulo II 2015. A entidade máxima do futebol mineiro deverá realizar um comunicado oficial nos próximos dias.
Diante destas circunstâncias, a diretoria do Funorte, representado por Ivanilde Soares de Queiroz Almeida, encaminhou um documento à FMF manifestando o interesse em disputar a competição (foto ao lado) no lugar do Nacional Esporte Clube. O diretor executivo do FEC, Cristiano Júnior, está confiante:
– Protocolamos o pedido junto à federação manifestando o desejo de participar da competição, e agora vamos aguardar a homologação do pedido do Nacional, mas acreditamos que não teremos problema – disse Júnior ao GE. 
Cristiano Júnior disse ao Blog da Segundona Mineira que toda estrutura montada para o Campeonato Mineiro da Segunda Divisão foi mantida, visando a possível participação do clube no Módulo II. A diretoria tem, inclusive, uma equipe praticamente montada para a disputa da competição.
20 de dezembro de 2014

A Box FA está com uma grande promoção na camisa do Funorte. Clique aqui e veja mais informações!
Compartilhe ...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

One thought on “Com carta nas mangas, Funorte deverá ser confirmado no Módulo II

  1. Jean

    Não sei que estrutura é essa preparada pelo Funorte. As principais peças de 2014 já acertaram com outros times. Alexandre Villa já voltou para o Cerâmica, Peu no Mamoré, por exemplo. De que adianta conseguir esse acesso agora que só tem as sobras do mercado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *